terça-feira, 5 de janeiro de 2010

E no momento em que se confessa a precisão, perde-se tudo, eu sei.

3 comentários:

mary g. disse...

É. E como eu digo: o desejo tira a esperança. É melhor sonhar que querer.

Beijo.

Luh disse...

belo blog... adorei!

KK disse...

Adorei seu post! *-*

http://oradionaotoca.blogspot.com/